Balneário Camboriú terá alargamento da faixa de areia da praia central

Com o passar dos anos, grande parte das praias catarinenses começam a sofrer com os efeitos da urbanização. As faixas de areia que costumavam ser gigantes, hoje, já são pequenas para o número de banhistas que frequentam o local. 

Em Balneário Camboriú, após meses de discussão, a Prefeitura Municipal decidiu dar continuidade com o projeto de alargamento. 

Além de proporcionar uma estrutura diferenciada para quem frequenta à orla, o alargamento da praia central também vai impulsionar o mercado imobiliário de toda região.

Ficou curioso para saber como vai funcionar? Calma que a gente te conta tudo! 

Praia Central 

A Praia Central é o point do agito de Balneário Camboriú. O nome já diz; ela está no coração da cidade, situada no ladinho da Avenida Atlântica.

Sabe aquelas tradicionais fotos de BC que você vê, com diversos prédios e arranha-céus cobrindo a orla? Essa é a Praia Central!

Também é na região onde estão as principais casas noturnas que agitam a cidade, principalmente no verão. São bares, restaurantes e boates famosíssimas. Algumas, até trazem atrações internacionais! 

No réveillon, é o local que recebe mais de 1 milhão de turistas todos os anos, que apreciam a beleza da praia e também o show de fogos espetacular!

Muitos também acabam dizendo que a Praia Central é a costa litorânea que perdeu o sol. Isso porque os prédios que estão construídos aos arredores da orla, acabam tapando o sol em determinados períodos do dia.

Por isso, o alargamento da faixa de areia da Praia Central é uma das principais agendas para desenvolver, ainda mais, o turismo de Balneário Camboriú.

O que é um alargamento da faixa de areia? 

Conhecido também como engorda artificial, o alargamento da faixa de areia consiste na construção de um aterro com areia de mesmo tamanho, densidade e granulometria do material original da praia.

Um dos principais empecilhos e que não popularizam a execução deste tipo de obras é o preço. O investimento é muito alto para as Prefeituras, ficando na casa de milhões de reais. 

O projeto de alargamento das faixas de areia necessita de um estudo técnico minucioso, com um time de engenheiros e geólogos. Além disso, também é necessário uma liberação ambiental por parte do Ministério do Meio Ambiente. 

Como será o alargamento da faixa de areia da Praia Central? 

As obras devem começar em março de 2021. O investimento total será de R$66,8 milhões.

Esta ação é esperada desde há décadas.  O objetivo é proteger a praia e retornar a faixa de areia original dos anos 1950. 

Em 2001 foi feito plebiscito que teve ampla aprovação da população em relação ao alargamento.  

Segundo o planejamento da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, as principais mudanças contemplarão:

  • Volume de areia estimado: 2.155 milhões de metros cúbicos;
  • Largura da praia de 70m, atualmente são 25m;
  • Extensão da Praia Central de 5,8 km;

O prazo previsto para toda realização da obra é de 6 a 9 meses. Portanto, a expectativa é que na alta temporada de 2022, a Praia Central já esteja ampliada.

Valorização imobiliária

Quando a obra for entregue, Balneário Camboriú subirá no ranking das cidades com o metro quadrado mais caro do Brasil. Essa é a previsão de especialistas do ramo imobiliário. 

BC é hoje a quarta cidade com mais valorização no setor. Só perde para Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

A construção civil é um dos pilares da economia de Balneário Camboriú. Mesmo durante a pandemia, o município não deixou de incorporar novas edificações. 

Nos Estados Unidos, um instituto de pesquisas imobiliárias avaliou uma valorização de 2,6% no território a cada 10% de ampliação da faixa de areia. O estudo analisou duas praias da Carolina do Sul. Segundo os técnicos, a obra é muito similar com a que será aplicada em Balneário.

De acordo com esse cálculo, duplicar a largura de uma praia como se pretende fazer em BC pode trazer uma valorização imobiliária de 26%.

Estima-se que os bairros ao redor da Praia Central também sejam valorizados, pois a orla principal já está tomada por construções. 

Mais sol na Praia

Com 70m de largura e extensão de 5,8 km, o sol deve ficar mais tempo na Praia Central. Isso vai permitir que banhistas desfrutem longas jornadas no litoral da nossa Dubai Brasileira.

Conclusão

No tema de hoje foi possível entender melhor como vai funcionar o alargamento da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú.

A ação vai trazer mais qualidade para os banhistas, uma valorização imobiliária de toda a região e a volta do sol para grande parte da orla central.

Muito legal, não é?

E para você, o alargamento da faixa de areia de Balneário Camboriú é uma obra necessária? Deixe sua opinião nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *